sexta-feira, 22 de junho de 2012

ArquiOlhares: Inhotim - Instituto de Arte Contemporânea e Jardim Botânico

Alguns dias atrás, conheci um lugar realmente encantador.
O Instituto de Arte Contemporânea e Jardim Botânico Inhotim, em Brumadinho MG é a mistura perfeita e totalmente equilibrada entre natureza, arte, arquitetura e paisagismo.
O lugar é realmente uma experiência multisensorial e merece destaque, visitação e incentivo.
Tantas pessoas vão pro exterior em busca de tais experiências e acabam perdendo a oportunidade de conhecer e valorizar o que temos de melhor aqui mesmo, dentro do Brasil. Pra quem tem planos de viajar pra Minas Gerais, fica a dica!






Inhotim


Inhotim caracteriza-se por oferecer um grande conjunto de obras de arte, expostas a céu aberto ou em galerias temporárias e permanentes, situadas em um Jardim Botânico, de rara beleza. O paisagismo teve a influência inicial de Roberto Burle Marx (1909-1994) e em toda a área são encontradas espécies vegetais raras, dispostas de forma estética, em terreno que conta com cinco lagos e reserva de mata preservada. O Instituto Inhotim, Organização da Sociedade Civil de Interesse Público - OSCIP, além desses espaços de fruição estética e de entretenimento - que lhe garantem um lugar singular entre outras instituições do gênero - desenvolve também pesquisas na área ambiental, ações educativas e um significativo programa de inclusão e cidadania para a população do seu entorno.












Arte Contemporânea

O acervo artístico abriga mais de 500 obras de artistas de renome nacional e internacional, como Adriana Varejão, Helio Oiticica, Cildo Meireles, Chris Burden, Matthew Barney, Doug Aitken, Janet Cardiff, entre outros. O Inhotim se diferencia de outros museus por oferecer ao artista condições para a realização de obras que apenas em seu parque poderiam ser construídas. 





















Jardim Botânico

Em uma área de 97 hectares, o Jardim Botânico conta com diversas coleções botânicas entre as quais se destacam a de Aráceas, uma coleção de orquídeas da espécie Vanda, com 350 indivíduos de diferentes espécies e, ainda, uma das maiores coleções de palmeiras do mundo com mais de 1.400 espécies. Pesquisas e projetos botânicos e paisagísticos são desenvolvidos em parceria com órgãos governamentais e privados.









Para conhecer mais: www.inhotim.org.br


Nenhum comentário:

Postar um comentário